Viver sem dor

279 0
Dr. Eduardo Maniglia da Clínica ECCO, Fisioterapeuta e Osteopata e Monitor da Escuela de Ostepatia de Madrid, que exige do profissional 5 anos de dedicação para formação completa, tem como foco de trabalho o diagnóstico e tratamento das causas de dores na coluna, englobando conhecimentos, recursos e técnicas referenciadas nos mais sofisticados centros europeus e norte-americanos de tratamento da coluna vertebral. Sua ampla experiência possibilita que seu tratamento tenha resultados rápidos e eficazes.

Estima-se que a dor atrapalhe a rotina diária de 76% dos brasileiros. Ela ocorre em diferentes graus de intensidade – do desconforto leve à agonia – podendo resultar da estimulação do nervo em decorrência de lesão, doença ou distúrbio emocional.

Trata-se de uma experiência complexa que envolve o estímulo de algo nocivo e as respostas fisiológicas e emocionais a um evento.

Manifesta-se em quadros agudos, quando ocorre transitoriamente por um período curto e na maioria das vezes com causas facilmente identificáveis. Funciona como um alerta do corpo para lesões em tecidos, inflamações ou doenças, centralizada primeiro e depois capaz de se tornar difusa. Como também em quadros crônicos, que é aquela que excede seis meses, sendo constante e intermitente. Quase sempre está associada a um processo de doença crônica.

O corpo humano apresenta um limiar (limite) de dor, quando um indivíduo apresenta dores crônicas como fibromialgia, esse limiar de dor abaixa, deixando a pessoa mais suscetível à ela.

A Osteopatia entende que grande parte das dores ocorrem por um aumento de informação neurológica, (ocorrida por movimentos bruscos e/ou quedas), o que chamamos de hipertonia muscular, dentre as várias técnicas terapêuticas manuais, a manipulação do sistema músculo-esquelético (ossos, músculos e articulações) possibilita a reorganização das estruturas da região acometida pelas dores.

ocorrida por movimentos bruscos e/ou quedas, o que chamamos de hipertonia muscular, dentre as várias técnicas terapêuticas manuais, a manipulação do sistema músculo-esquelético (ossos, músculos e articulações) possibilita a reorganização das estruturas da região acometida pelas dores.

Ressaltamos que o tratamento osteopático não se limita a uma única região do corpo. Ela é uma terapia que sempre avaliará o corpo todo. Dessa forma, é indicada para o tratamento de dor dos pés a cabeça.

Deslizamentos, trações e mobilizações são algumas das técnicas de terapia manual utilizadas na busca do reequilíbrio corporal e na cura das disfunções que afetam o organismo.

Para determinar o tratamento, é necessário uma avaliação global do indivíduo. Nela, independente do local da dor, busca-se regiões em disfunção. Feito o diagnóstico, é criado um plano de tratamento com técnicas específicas para cada região em disfunção.

Related Post

Dor Ciática

Posted by - 14/11/2018 0
Dr. Eduardo Maniglia da Clínica ECCO, Fisioterapeuta e Osteopata e Monitor da Escuela de Ostepatia de Madrid, que exige do…