A importância da Vacina!

35 0
Formação acadêmica Ensino superior: Bacharela em Enfermagem. Instituição: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto – EERP/USP Concluído em dezembro/2016. Sócia Proprietária da Clínica de Vacinas Santa Clara Unidade Franca.

A vacinação é um dos investimentos mais importantes para prevenção de doenças em todas as idades. Foi por meio dela que doenças como o Sarampo chegaram a ser erradicadas no Brasil, levando maior tranquilidade e qualidade de vida às pessoas, e pela falta dela que este mesmo vírus voltou a circular nos últimos meses levando mais de 1000 pessoas a contraírem a doença.

As vacinas são feitas de vírus e bactérias enfraquecidos ou totalmente mortos fazendo com que, ao entrar em contato com nosso organismo, por meio de gotinhas ou injeção, o estimule a produzir anticorpos para combater a doença, evitando assim que no futuro a pessoa venha a adoecer. Por isso algumas vacinas são feitas logo de imediato quando a criança nasce, e outras tantas na sequência, como mostra o Calendário Vacinal da Criança.

Dentre as principais doenças evitáveis por vacina na infância, temos a Poliomielite – considerada erradicada graças ao Programa Nacional de Imunizações (PNI), criado em 1973, Tuberculose (pela vacina BCG), Doenças pneumocócicas (pelas vacinas pneumocócica 10v ou 13v), Doenças meningocócicas (pelas vacinas meningocócicas A, B, C, W e Y), Rotavírus, Hepatite A e B, Difteria, Tétano, Coqueluche, Influenza, Sarampo, Caxumba, Rubéola e Febre Amarela. Todas elas aplicadas entre o nascimento e os primeiros 18 meses de vida.